Conheça 3 situações que geram estabilidade provisória no emprego.

Estabilidade nada mais é do que o direito de permanecer no emprego por um determinado período, mesmo contra a vontade da empresa, não podendo ser demitido a não ser por justa causa.

São várias as hipóteses e a lei prevê o seu período conforme a causa. Confira:
– A mais comum, é o caso da gestante que possui estabilidade desde a confirmação da gravidez até 5 meses após o parto. Ou seja, ela não pode ser despedida, durante esse período.

-Acidente de trabalho, é outra hipótese que gera uma estabilidade de 12 meses a partir do momento do retorno ao trabalho. O empregado que precisa se afastar por conta de acidente e recebe auxílio doença acidentário do INSS, terá a mencionada estabilidade provisória a contar do seu retorno.

-Empregado eleito para o cargo de direção da CIPA (Comissão interna de prevenção de acidentes), estes possuem estabilidade desde o registro da sua candidatura até um ano após o final do seu mandato.

Fonte: JusBrasil

Deixe um comentário

Nosso Endereço

Av. Dom Luís, 300 - L2, Conj. 226Fortaleza, Ceará, Brasil

Telefone

+ 55 (85) 3264.0088+ 55 (85) 98878.0088contato@mbl.adv.br

Horário de Funcionamento

Atendimento de segunda a sextaDe 8h às 18h, em nosso escritório

MBL Advogados © 2021 Todos os direitos reservados.